Domingo, 13 de Abril de 2008

Revolução dos Cravos

O golpe de estado militar do dia 25 de Abril de 1974 derrubou, num só dia, o regime político que vigorava em Portugal desde 1926, sem grande resistência das forças leais ao governo, que cederam perante a revolta das forças armadas. Este  dia 25 de Abril é conhecido por Revolução dos Cravos. Considera-se, em termos gerais, que esta revolução trouxe a liberdade ao povo português (denominando-se "Dia da Liberdade" o feriado instituído em Portugal para comemorar a revolução).

O Cravo:
O cravo tornou-se o símbolo da Revolução de Abril de 1974; com o amanhecer as pessoas começaram a juntar-se nas ruas, solidários com os soldados revoltosos; alguém (existem várias versões, sobre quem terá sido, mas uma delas é que uma florista contratada para levar cravos para a abertura de um hotel, foi vista por um soldado que pôs um cravo na espingarda, e em seguida todos o fizeram), começou a distribuir cravos vermelhos para os soldados, que depressa os colocaram nos canos das espingardas.

 
Consequências:
Entre as medidas imediatas da revolução contam-se a extinção da polícia política (PIDE/DGS) e da Censura. Os sindicatos  ficaram livres e os partidos foram legalizados. Só a 26 de Abril foram libertados os presos políticos, da prisão de Caxias e de Peniche. Os líderes políticos da oposição no exílio voltaram ao país nos dias seguintes.

Autores: Vítor Adriano, Tiago Ferreira; Carlos Nunes; Manuel  Moreira
publicado por 7enevogilde às 22:18
link do post | comentar | favorito

.posts recentes

. Visita de Estudo a Braga ...

. Olímpiadas de Química Jún...

. Dia do Estudante

. 21 de Março Dia da Poesia...

. Dia do Pai

. Dia da Mulher

. A amizade não tem limites...

. 2009 Ano internacional da...

. O Dia dos Namorados no Mu...

. Trabalho realizado na dis...

.pesquisar

 

.links